Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Variante Ômicron predomina em quase 99% das amostras coletadas em janeiro no Brasil

Por Agência Rádio 2 – 13/01/2022

 

Infecção pela variante Ômicron já é dominante no Brasil em praticamente 99 por cento das amostras de pacientes com covid-19.

Os dados são de um estudo realizado pelo Instituto Todos pela Saúde, em parceria com os laboratórios Dasa e DB Molecular.

Das 3.212 amostras com resultado positivo para o Sars-Cov-2, 3.171 eram de contaminação pela Ômicron, equivalente a 98,7%.

Foram analisadas 8.121 amostras coletadas entre 02 e 08 de janeiro deste ano.

Desde o início de dezembro, os pesquisadores testaram mais de 58 mil coletas realizadas em 478 municípios de 24 estados e do Distrito Federal.

Desses, a Ômicron foi identificada em 191 cidades de 17 estados, inclusive no Distrito Federal.

Outro dado preocupante é que da análise da última semana de 2021 para a primeira de 2022, os resultados positivos para o coronavírus saltaram de 14% para quase 40%.

E a presença da variante Ômicron subiu em escala vertiginosa: de 9% em 21 de dezembro; 32% na semana seguinte; até 96,6% até 06 de janeiro.

Para identificar a mutação os laboratórios usaram testes de RT-PCR sem sequenciamento genético.