Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Vacinação de crianças e bebês contra a gripe deve evitar quase meio milhão de casos graves no País

Aplicação da vacina quadrivalente contra a gripe, em bebês e crianças, evitaria quase meio milhão de casos e mais de 11 mil internações por ano, no Brasil.

E seria capaz de gerar uma economia em torno de 170 milhões de reais, nos cofres públicos, com o tratamento desses pacientes.

É o que mostra estudo feito por pesquisadores brasileiros e estrangeiros e publicado em um dos principais periódicos britânicos da área da saúde.

A vacina quadrivalente protege contra quatro tipos de vírus causadores da doença, ao contrário da trivalente, oferecida na rede pública, que protege contra apenas três.

Sobre a necessidade de imunizar as crianças, um dos responsáveis pelo estudo, o doutor Expedito Luna, do Instituto de Medicina Tropical da USP, explica que as elas podem ter complicações causadas pela gripe.

E que até pelo contato bem próximo com os adultos, muitas vezes elas é que passam a doença para pessoas que fazem parte do grupo de risco.

Por mais que muita gente não dê tanta importância para a gripe, ela pode causar complicações como bronquite, pneumonia e ataques cardíacos; e matou mais de mil pessoas, no País, em 2019.

Dados da OMS apontam que até 650 mil pessoas morrem anualmente, no mundo todo, por conta da gripe, e que são registrados até cinco milhões de casos graves.