Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Vacina financiada pelo governo, desenvolvida pela USP de Ribeirão Preto, aguarda aprovação de testes pela Anvisa

Por Agência Rádio 2 – 29/03/2021

 

Anúncio feito pelo ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, na sexta-feira, dá conta da produção de três vacinas em fase de pré-testes no Brasil.

Uma delas, chamada de Versamune-CoV-2FC, desenvolvida pela Faculdade de Medicina da USP de Ribeirão Preto, teve pedido para realização do estudo das fases 1 e 2 protocolado na Anvisa.

A fabricação do imunizante foi coordenada pelo pesquisador Célio Lopes Silva, professor de Imunologia e Biotecnologia da universidade.

Em nota, a Anvisa esclarece que a análise vai considerar a proposta do estudo, número de participantes e dados de segurança obtidos até o momento, em testes pré-clínicos realizados em laboratório e animais.

O prazo previsto para aprovação é de 72 horas a partir do pedido, mas pode ser maior, caso a agência necessite de mais dados.

Marcos Pontes afirmou que o ministério dispõe de 200 MILHÕES DE REAIS para financiar estudos clínicos para o desenvolvimento de vacinas nacionais.