Vacina de Oxford, importada da Índia, deve chegar ao Brasil ainda este mês

Por Agência Rádio 2 – 06/01/2021

 

Governo federal espera receber primeiro lote da vacina importada da Índia contra a Covid-19 ainda em janeiro.

Em nota assinada pelos ministérios da Saúde e das Relações Exteriores, a informação, na terça-feira, é de que as negociações para a importação entre a Fiocruz e o Instituto Serum estão em estágio avançado.

O Serum fabrica a vacina desenvolvida pela AstraZeneca e Universidade de Oxford, que está sendo aplicada no Reino Unido.

A Fiocruz tem autorização da Anvisa para importar dois milhões de doses do imunizante.

A nova previsão do governo brasileiro veio após uma retificação das declarações do governo indiano de que vetaria a exportação de doses da vacina.

Na terça-feira, autoridades da Índia declararam que não há proibição para vender as doses para o exterior.

Mesmo com a aprovação da Anvisa para a aquisição da vacina pela Fiocruz, não há data prevista para início da distribuição.

Segundo a agência reguladora, a Fiocruz deve garantir condições de armazenamento para manutenção da qualidade do produto.

O que falta é a autorização do uso emergencial e o registro sanitário da vacina no Brasil.