Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Vacina contra a Aids apresenta 67% de eficácia; estudo está na fase três e inclui o Brasil

Por Agência Rádio 2 -14/07/2021

 

Vacina contra o vírus HIV é testada em seis mil voluntários.

Todos os participantes são pessoas soronegativas, que possuem um risco aumentado de exposição à infecção.

O estudo é conduzido no Brasil e em países da América Latina, América do Norte, Europa e África.

Os cientistas afirmam que essa é pesquisa mais promissora em 40 anos, na busca por um imunizante que proteja contra a Aids.

Os testes estão na fase três, em que é verificada a eficácia em larga escala.

O estudo já passou pelas fases um e dois, com um número menor de voluntários, para determinar a segurança do produto e a dose adequada.

O infectologista Ricardo Vasconcelos, do Hospital das Clínicas em São Paulo, que coordena a fase três, diz que os efeitos colaterais verificados foram dor local, febre de um dia e dor de cabeça.

Em uma fase anterior, com a participação de macacos, o imunizante apresentou 67 por cento de proteção contra o vírus HIV.

Até hoje, o resultado mais promissor no mundo tinha sido de 30 por cento e a pesquisa foi deixada de lado.

Colabore com a Rádio Diocesana, seja um Amigo da Rádio. Entre em contato no fone (16) 3362-4485 ou pelas nossas Redes Sociais.