Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Uso da cloroquina é destaque em depoimento de Nelson Teich na CPI da Covid no Senado

Por Agência Rádio 2 – 06/05/2021

 

Com prévio aviso de que faria um depoimento superficial, ex-ministro da Saúde Nelson Teich foi ouvido pela CPI da Covid no Senado, na quarta-feira.

O médico, que permaneceu 29 dias à frente da pasta, justificou que os assuntos do ministério são complexos.

Teich afirmou o que já se sabia: que deixou o cargo na Saúde porque não concordava com a prioridade dada à cloroquina pelo presidente Jair Bolsonaro.

E explicou sobre reunião com o Conselho Federal de Medicina (CFM) com o objetivo de ampliar o uso da cloroquina em pacientes leves de Covid-19.

O presidente da CPI, senador Omar Aziz, se irritou com o tom evasivo do ex-ministro.

Nelson Teich afirmou que, na atual situação, os médicos estão receitando remédios que não funcionam ao se referir sobre uso do chamado “kit Covid” com azitromicina, corticoide, ivermectina, anticoagulante e vitamina D.

Nesta quinta-feira, a CPI ouvirá os depoimentos do atual ministro da Saúde, Marcelo Queiroga e do presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Antonio Barra Torres.

Colabore com a Rádio Diocesana, seja um Amigo da Rádio. Entre em contato no fone (16) 3362-4485 ou pelas nossas Redes Sociais.