Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

UFSCar desenvolve material capaz de filtrar e reter pequenas partículas

Da Redação – 19/07/2021

 

Um material capaz de filtrar o ar e reter até mesmo partículas tão pequenas quanto o novo coronavírus, que tem cerca de 100 nanômetros, foi desenvolvido por pesquisadores da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) com fibras produzidas a partir da reciclagem de garrafas pet.

O trabalho integra uma linha de pesquisa conduzida desde os anos 1990 no laboratório de controle ambiental do Departamento de Engenharia Química (DEQ-UFSCar). O grupo pretende agora desenvolver novos materiais filtrantes impregnados com aditivos biocidas e virucidas, como nanopartículas metálicas ou óleos essenciais estes considerados mais sustentáveis e de menor risco à saúde humana.

Além de ajudar a prevenir a covid-19 e outras doenças respiratórias e infecciosas, causadas também por bactérias e fungos, os meios filtrantes são essenciais no enfrentamento de outro problema importante da atualidade, a poluição do ar.

Colabore com a Rádio Diocesana, seja um Amigo da Rádio. Entre em contato no fone (16) 3362-4485 ou pelas nossas Redes Sociais.