Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Tatuagens com 25 pigmentos coloridos podem trazer risco à saúde, diz UE

Por Agência Rádio 2 – 05/01/2022

 

Alerta da União Europeia sobre o uso excessivo de pigmentos coloridos em tatuagens levou à restrição de cerca de quatro mil produtos químicos utilizados nas tintas. 

Estão proibidas em 20 países do bloco as tatuagens e maquiagens definitivas que contêm 25 pigmentos coloridos.  

A medida aprovada em dezembro de 2020 entrou em vigor em 4 de janeiro deste ano. 

São substâncias que fazem parte de uma longa lista apontada pela Agência Europeia de Produtos Químicos, como corantes e pigmentos, que podem ser cancerígenos, causar mutações genéticas ou alergias de pele e afetar a capacidade reprodutiva. 

Entre as restrições, estão tintas que levam mercúrio, níquel, cromo, cobalto, alguns corantes nas cores vermelho, amarelo, violeta e azul. 

De acordo com a agência de saúde europeia, pigmentos da tinta podem migrar da pele para órgãos, como linfonodos e fígado, e provocar doenças.