Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Sindicatos e empresas privadas não poderão comprar vacinas contra a Covid-19, decide Justiça Federal

Por Agência Rádio 2 – 09/04/2021

 

Polêmica compra de vacinas contra a Covid-19 pela iniciativa privada foi barrada na justiça

O Tribunal Regional Federal da 1ª Região derrubou liminar da Justiça Federal, em primeira instância, que liberava a importação particular dos imunizantes, sem repasse ao Sistema Único de Saúde.

Segundo o juiz Ítalo Fioravanti Sabo Mendes, as autorizações poderiam ocasionar grave lesão à ordem pública e teriam interferência indevida nas políticas sanitárias.

Também trariam prejuízo à competência legal do Poder Executivo.

A questão já foi motivo de outros entendimentos, como do juiz substituto da 21ª Vara Federal de Brasília, Rolando Spanholo, de que a exigência de doação é inconstitucional.

E aceitou o argumento de entidades privadas de que a medida viola o direito fundamental à saúde.

A decisão do TRF-1 responde ao recurso da Advocacia Geral da União (AGU) e da Anvisa para evitar comprometimento do Plano Nacional de Imunização.

E invalida liminares concedidas a sindicatos, associações de profissionais e empresas no Distrito Federal e diversos estados, como Minas Gerais e Paraíba.

Colabore com a Rádio Diocesana, seja um Amigo da Rádio. Entre em contato no fone (16) 3362-4485 ou pelas nossas Redes Sociais.