Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Servidores da Fundação Casa vão entrar em greve a partir da próxima sexta-feira

Da Redação – 31/05/2021

 

Os servidores da Fundação Casa vão entrar em greve a partir da próxima sexta-feira(04). A decisão aprovada por 89% dos presentes em assembleia traz como pauta a falta de reajuste salarial, o aumento do convênio médico e a redução e/ou suspensão do vale-refeição.

De acordo com o Sindicato da Socioeducação de São Paulo (Sitsesp), os trabalhadores estão sem reajuste salarial desde 2015 e sem o repasse da inflação desde 2019, mas o plano de saúde continua com reajuste anual e sem a participação do órgão.

Ainda segundo o sindicato, a categoria também foi informada por meio de comunicado que o vale-refeição dos trabalhadores em férias, afastados por comorbidades ou compulsoriamente, por licença maternidade, atestado médico, falta injustificada ou benefício indeferido será cortado e/ou descontado da folha de pagamento a partir desta terça-feira.

Em nota, a Fundação Casa informou que “é inadmissível uma categoria cogitar greve em meio à pandemia, quando nunca houve atraso de pagamento, benéficos e os empregos foram mantidos”, escreveu.

O órgão também aponta a situação como aposta à do restante da população, que “sofre com uma greve crise econômica causada pela pandemia”, finalizou.