Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Sem Trump, Ricardo Salles pode ser deslocado do Meio Ambiente

Por Bernadete Druzian, da Agência Rádio 2

 

Uma eventual derrota na reeleição de Donald Trump, para a presidência dos Estados Unidos, deve mexer com as peças no tabuleiro da política brasileira.

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, é o mais criticado na condução das ações de preservação da Amazônia e do Pantanal e pode ser o primeiro a ser transferido.

Integrantes do governo Bolsonaro já avaliam uma possível realocação de Salles para outro cargo, caso Joe Biden seja eleito.

O democrata é crítico da politica ambiental brasileira.

Outro futuro em debate é o do ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, segundo o Blog de Andreia Sadi.

Aliado do trumpismo, o representante do Brasil no exterior também sofre críticas sobre posturas em relações a imigrantes, principalmente venezuelanos