Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Sem máscara, Bolsonaro retoma negacionismo e volta a dizer que não adianta ficar em casa

Por Agência Rádio 2 – 01/04/2021

 

Presidente Jair Bolsonaro baixou a guarda no cumprimento da prevenção contra a Covid-19, e voltou a criticar medidas sanitárias como o distanciamento social.

A afirmação foi feita durante evento para divulgar nova rodada do auxílio emergencial.

Diferente da postura de aceitação que vinha sendo adotada nos últimos dias, a afirmação pública do chefe do Planalto conflitou com a do ministro da Saúde, o médico Marcelo Queiroga.

Minutos antes da fala do presidente, o titular da pasta criticou as aglomerações e fez um apelo pelo uso de máscara e distanciamento no feriado de Páscoa.

O ministro da Saúde falou na primeira reunião do comitê de enfrentamento da pandemia, ao lado dos presidentes da Câmara, deputado Arthur Lira (PP-AL) e do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG).