Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

São Carlos caiu cinco posições do ranking de municípios exportadores de São Paulo

Da Redação – 08/11/2021

 

Segundo balanço fechado da Secretaria de Comércio Exterior do Ministério da Economia,  São Carlos caiu cinco posições no ranking de municípios exportadores de São Paulo. Até setembro, dados mostram que o município somou em US$ 376,93 milhões em mercadorias exportadas.

Os motores automotivos são o principal produto da pauta de exportação e representaram 41% das mercadorias enviadas para exterior. Na sequência, estão lápis, minas, pastéis carvões e gizes (16%), bombas de ar ou de vácuo, compressores de ar e ventiladores exautores (13%), ferramentas pneumáticas e hidráulicas (7,3%).

Na comparação com o fechamento do ano passado, houve redução de 12 pontos percentuais da participação dos motores automotivos nas exportações São-carlenses. no mesmo período, porém, houve aumento entre bombas de ar ou de vácuo e ferramentas pneumáticas.

Os sete primeiros meses de 2021 foram de aumento nas remessas externas locais, com incremento de 16,3% sobre o mesmo período de 2020. As importações seguiram no mesmo caminho, com aumento ainda maior, de 46%. No fim de setembro, as compras externas somavam US$ 324,35 milhões.

Entre as mercadorias que mais vieram do exterior para a cidade estão peças automotivas para montagem de motor e transmissão automotiva (35%), bombas de ar e vácuo (6,9%) e líquidos (4,9%) e máquinas lava-roupas (4,7%).

Dentre as exportações paulistas, São Carlos representa 0,9% de tudo o que o estado envia para o mercado estrangeiro. Já as importações locais são 0,6% do que as de SP. Em 2020, o município representada 1% e 0,6%, na ordem.