Santo do Dia: São Vilibrordo

Origens 

São Vilibrordo nasceu em Nortúmbria, Alemanha, em 658. Pertencente a uma família cristã, foi enviado pelo pai como oblato, aos cinco anos, para o mosteiro de York, Inglaterra. Crescido, decidiu dedicar-se ao estado monástico. Ingressou para a Irlanda para aperfeiçoar sua cultura teológica sob guia do abade Egberto. Após nove anos de estudos, foi ordenado sacerdote.

Missionário na Holanda
No ano de 690, foi enviado como missionário acompanhado de onze companheiros para a Frísia, para a evangelização de bárbaros que viviam na Holanda. Escolhido pelo rei Franco Pepino, foi-lhe confiado como campo de apostolado a região ao leste, onde viviam povos hostis ao Evangelho e estavam em frequentes revoltas.

Tornou-se Bispo pelo Papa Sérgio I
Realizou uma viagem para Roma, após sua experiência de apostolado, com o intuito de receber o apoio do Papa Sérgio I, que muito o animou e o presenteou com as relíquias de santos mártires para serem colocadas nas futuras igrejas. Voltou para Roma alguns anos mais tarde, a fim de relatar ao Papa seus sucessos, suas dificuldades e seus planos. Contente com seu empenho, o Papa decidiu torná-lo bispo, acrescentando ao seu nome um nome latino: Clemente.

São Vilibrorbo: o fundador de sedes episcopais e mosteiros

Sede episcopal em Utrecht
Em seu árduo apostolado, São Vilibrordo fundou sua primeira sede episcopal em Utrecht, conquistou a catedral, dedicando-a ao Santíssimo Redentor. Fez progressos na conversão da Frísia e, em seguida, na Dinamarca e na região da Turíngia.

O Afastamento de Frísia
Com a morte do rei Pepino, seu protetor, duque Ratbodo reconquistou parte do território que havia perdido na Frísia, obrigando São Vilibrordo a se afastar da região, ficando retirado perto de Treves, onde anteriormente havia fundado um mosteiro.

O Retorno
Retornou para a Frísia um tempo depois, após a morte de Ratbodo, ajudou São Bonifácio alguns anos no apostolado da Alemanha, conseguindo consolidar a evangelização entre os povos do norte da Europa.

Grande Homem
Descrito por muitos biógrafos com pequena estatura,  São Vilibrordo foi um homem grandioso em suas ações, sobretudo um grande organizador, com destacado senso de comando que lhe permitiu graças também à formação de muitos bispos.

Páscoa
Cansado pelas fadigas apostólicas  e debilitado pela idade, afastou-se no mosteiro de Echternach, onde faleceu no dia 7 de novembro de 739.

Minha oração

“Com grande alma formativa, soubeste ensinar o evangelho aos líderes tanto quanto aos mais simples, educai-nos para uma vida entregue a Deus na formação das nossas almas, assim como a daqueles que necessitam de orientação. Que sejamos fiéis conselheiros, sem medo da verdade e da caridade. Amém.”

São Vilibrordo, rogai por nós!

Outros santos e beatos celebrados em 07 de novembro 

  • Em Pádua, Itália, São Prosdócimo, que é considerado o primeiro bispo desta Igreja. († s. III)
  • Em Neocesareia, na atual Turquia, Santo Atenodoro, bispo. († s. III)
  • Em Albi, na Aquitânia, atualmente na França, a comemoração de Santo Amaranto, mártir. († c. s. III)
  • Em Melitene, na Arménia, hoje Turquia, os santos Hierão e muitos seus companheiros, mártires. († s. IV)
  • Em Perúgia, Itália, Santo Herculano, bispo e mártir. († 548)
  • Em Tours, na Nêustria, hoje na França, São Baldo, bispo. († c. 552)
  • No lugar depois chamado Congresbury, na Inglaterra, São Cungaro, abade. († s. VI)
  • Em Estrasburgo, na Borgonha, na hodierna França, a comemoração de São Florêncio, bispo.(† a. 614)
  • No monte Galésio, próximo de Éfeso, em território da atual Turquia, São Lázaro, estilita. († 1054)
  • Em Colónia, na Lotaríngia, atualmente na Alemanha, Santo Engelberto, bispo e mártir. († 1225)
  • Em Pófi, localidade do Lácio, região da Itália, o Beato António Baldinúcci, presbítero da Companhia de Jesus. († 1717)
  • Em Ket Cho, cidade do Tonquim, agora no Vietnam, os santos Jacinto Castañeda e Vicente Lê Quang Liêm, presbíteros da Ordem dos Pregadores e mártires. († 1773)
  • Em Zunyi, localidade do Guizhou, província da China, São Pedro Wu Guosheng, catequista e mártir. († 1814)
  • Em Cremona, na Itália, São Vicente Gróssi, presbítero, que fundou o Instituto das Filhas do Oratório. († 1917)
  • Em Paracuellos del Jarama, próxima de Madrid, Espanha, os beatos mártires Alfredo Fanjul Acebal, presbítero da Ordem dos Pregadores e companheiros mártires. († 1936)
  • Em Paracuellos de Jarama, o beato José Vega Riaño, presbítero da Congregação dos Missionários Oblatos de Maria Imaculada e mártir. († 1936)
  • Em Soto de Aldovea, na província de Madrid, Espanha, o Beato Serviliano Riaño, religioso da Congregação dos Missionários Oblatos de Maria Imaculada e mártir.  († 1936)

Fonte:

  • Livro ‘O Santo do dia’ – Dom Servilio Conti, I.M.C
  • Livro “Um santo para cada dia” – Mário Sgarbossa – Luigi Giovannini [Paulus, Roma, 1978]
  • Martirológio Romano

– Produção e edição: Melody de Paulo
– Oração: Rafael Vitto – Comunidade Canção Nova