Santo do Dia: Santo Evaristo

Origens 

Santo Evaristo, sucessor de São Clemente, segundo Santo Ireneu e Eusébio, foi, pelo ano 100, Papa – ou mais exatamente bispo de Roma (porque, nessa época, ao que parece, o termo Papa aplicava-se a qualquer prelado). Foi somente pelo século VI que o título de Papa começou a ser reservado só para o Pontífice Romano.

Papa da Antioquia 

Segundo o Liber Pontificalis, Santo Evaristo era grego de Antioquia, como o pai judeu, chamado Judas, nascido em Belém. Pela mesma fonte é declarado mártir, do mesmo modo que sete (ou nove) outros pontífices, sem que se veja a razão nestes diferentes.

Pontificado

No exercício de seu Pontificado, aparecem duas lendárias disposições tomadas por ele. A distribuição dos sacerdotes de Roma nos vinte e cinco títulos ou igrejas paroquiais da cidade, que teriam sido instituídas por São Cleto.

Papa Evaristo: grande organizador da Igreja

Organização da Igreja
São Pedro já havia estabelecido sete diáconos, Evaristo decidiu que os diáconos estivessem ao lado do bispo enquanto este pregava e proclamava o prefácio da Missa, para testemunhar (em caso de necessidade), a ortodoxia e também para conferir maior solenidade à celebração.

Páscoa

Santo Evaristo morreu em 105. Uma tradição muito antiga afirma que ele teria sido mártir da fé durante a perseguição imposta pelo imperador Trajano, e que depois seu corpo teria sido abandonado perto do túmulo do apóstolo Pedro. Embora a fonte não seja precisa, sua morte foi oficialmente registrada no Livro dos Papas, em Roma.

Relíquias 

Foi enterrado perto do corpo do bem-aventurado Pedro no Vaticano, no  6º das calendas de Novembro (27 de Outubro). Baronio preferiu colocá-lo no martirológio no dia 26.  Evaristo vem do grego euarestos, engraçado, agradável.

Minha oração

“ Sucessor dos apóstolos, tu bebeste das fontes do Evangelho, conduzi os cristãos ao verdadeiro entendimento do cristianismo, derrubai as ideologias e más interpretações sobre Jesus e o Reino de Deus. Amém!”

Santo Evaristo, rogai por nós!

Outros santos e beatos celebrados em 26 de outubro 

  • Em Nicomédia, na Bitínia, na Turquia, os santos Luciano e Marciano, mártires. († c. 250)
  • Em Cartago, na Tunísia, a comemoração de São Rogaciano, presbítero, a quem São Cipriano confiou a administração da Igreja de Cartago. († s. III)
  • Em Estrasburgo, na Germânia, atualmente na França, Santo Amando, o primeiro bispo desta cidade. († s. IV)
  • Em Narbona na atual França, São Rústico, bispo. († c. 461)
  • Em Angoulème, na Aquitânia, hoje na França, Santo Aptónio, bispo. († c. 567)
  • Em Lastingham, na Nortúmbria, região da Inglaterra, São Ceda foi ordenado bispo dos Saxões orientais por São Finano. († 664)
  • Em Hexham, na Nortúmbria, Santo Eata, bispo, que regeu vários cenóbios e Igrejas. († c. 616)
  • Em Metz, na Austrásia, atualmente na França, São Sigebaldo, bispo, fundador de vários mosteiros. († 741)
  • No mosteiro de Heresfeld, na Alemanha, o sepultamento de São Vita ou Albuíno, primeiro bispo de Bürberg. († c. 786)
  • Na Escócia, São Beano, bispo de Mortlach. († c. 1032)
  • Em Pavia, na Lombardia, região da Itália, São Fulco, bispo, natural da Escócia, homem de paz, zelo apostólico e insigne caridade. († 1229)
  • Em Réggio Emília, também na Itália, o Beato Damião Furchéri, presbítero da Ordem dos Pregadores, egrégio arauto do Evangelho. († 1484)
  • Em Ravello, próximo de Amálfi, na Campânia, região da Itália, o Beato Boaventura de Potenza,  presbítero da Ordem dos Frades Menores Conventuais. († 1711)
  • Em Cracóvia, na Polônia, a Beata Celina Chludzindska Borzecka, religiosa, fundadora da Congregação das Irmãs da Ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo. († 1913)

Fonte:

  • Arquisp.org.br
  • Livro “Santos de cada dia” – José Leite, SJ [Editorial A.O. Braga, 2003]
  • Livro “Um santo para cada dia” – Mário Sgarbossa – Luigi Giovannini [Paulus, Roma, 1978]
  • Martirológio Romano
  • Vatican.va

– Produção e edição:  Melody de Paulo
– Oração: Rafael Vitto – Comunidade Canção Nova