Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Risco de transmissão da Covid-19 por alimentos e embalagens é descartado por pesquisadores dos EUA

Por Agência Rádio 2 – 23/02/2021

 

A chance de uma embalagem ou um alimento transmitir Covid-19 para uma pessoa é mínima e considerada improvável.

A conclusão é da Agência de Alimentos e Medicamentos dos Estados Unidos e do Departamento de Agricultura norte-americano.

Os dois órgãos divulgaram um documento onde informam que não existe evidência comprovada de que os alimentos ou as embalagens sirvam como fonte de transmissão.

De acordo com os pesquisadores, a quantidade de partículas que seriam captadas ao tocar uma superfície é insuficiente para provocar uma infecção de Covid-19 por inalação oral.

Os cientistas reforçam que o coronavírus é uma doença respiratória diferente dos vírus gastrointestinais, que podem estar em bebidas ou comidas contaminadas e provocar doenças, como por exemplo, hepatite A.

No entanto, é importante lembrar que a Covid-19 pode ser passada de uma pessoa para a outra pelo contato próximo, o que reforça a necessidade do uso da máscara e de manter o distanciamento.