Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Presidência da CNBB envia saudação a Dom Paulo Cezar Costa

Brasília-DF, 21 de outubro de 2020

 

Estimado irmão, dom Paulo Cezar Costa,

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) alegra-se pela notícia de sua nomeação como novo arcebispo da Arquidiocese de Brasília (DF), divulgada nesta quarta-feira, 21 de outubro. Junto com a porção do povo de Deus desta Igreja Particular que acolhe a sede de nossa Conferência, queremos te acolher e bendizer a Deus pelo seu sim.

Sua doação à Igreja, por meio dos diversos serviços desempenhados, desde o tempo de presbítero, nos aponta um horizonte de um pastoreio frutuoso. Aqui recordamos sua atuação no grupo de peritos da Comissão Episcopal de Doutrina e no Instituto Nacional de Pastoral. Já como bispo, durante o período em que foi auxiliar na Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, contribuiu na mesma Comissão Episcopal Pastoral para a Doutrina da Fé, desta vez como membro.

Atualmente, tem enriquecido o trabalho desta Conferência ao presidir o Grupo de Análise de Conjuntura Eclesial e ser o referencial para o Setor Universidades da CNBB e para o Instituto Nacional de Pastoral Alberto Antoniazzi (INAPAZ). Em âmbito universal, foi escolhido pelo Santo Padre como membro da Pontifícia Comissão para América Latina e do Pontifício Conselho para a Promoção da Unidade dos Cristãos. Aqui sublinhamos também sua atuação como consultor no Conselho Episcopal Latino-Americano (CELAM).

Receba com nossos votos esta reflexão do Papa Francisco sobre Unidade e Profecia – na Santa Missa com a bênção dos pálios para os novos arcebispos metropolitanos, em junho deste ano: “A unidade é um princípio que se ativa com a oração, porque a oração permite ao Espírito Santo intervir, abrir à esperança, encurtar as distâncias, manter-nos juntos nas dificuldades […] a profecia nasce quando nos deixamos provocar por Deus: não quando gerimos a própria tranquilidade, mantendo tudo sob controle. […] Quando o Evangelho inverte as certezas, brota a profecia. Só quem se abre às surpresas de Deus é que se torna profeta”.

Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil e de Brasília, interceda e conduza seu pastoreio, participando do sonho de São João Bosco no coração desta Terra de Santa Cruz.

Em Cristo,

Dom Walmor Oliveira de Azevedo
Arcebispo de Belo Horizonte (MG)
Presidente da CNBB

Dom Jaime Spengler
Arcebispo de Porto Alegre (RS)
Primeiro Vice-Presidente da CNBB

Dom Mário Antônio da Silva
Bispo de Roraima (RR)
Segundo Vice-Presidente da CNBB

Dom Joel Portella Amado
Bispo auxiliar da arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro (RJ)
Secretário-geral da CNBB