Prefeitura e OAB dialogam sobre enchentes e drenagem em São Carlos

A Prefeitura de São Carlos, por meio das secretarias municipais de Governo e de Obras Públicas, expôs os trabalhos de combate às enchentes e de drenagem executados pelo município aos advogados vinculados à 30ª subseção – São Carlos/Ibaté da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), em evento ocorrido no auditório da própria OAB na manhã desta segunda-feira (19/02).
Contando com a presença de diversos advogados e dos secretários municipais ligados à infraestrutura, a reunião começou com uma apresentação feita pelos secretários de Governo, Netto Donato, e de Obras Públicas, João Muller, e que abordou todas as obras que a Prefeitura executou ou estão em andamento no segmento de combate às enchentes e drenagem, bem como os projetos contratados e outros que estão na programação para execução.
Depois, os advogados puderam retirar suas dúvidas e apresentar sugestões aos gestores públicos presentes, dialogando sobre os desafios da administração pública e da sociedade civil organizada a respeito deste desastre natural. Os temas estrutura organizacional da Prefeitura e responsabilidade fiscal também foram comentados durante a palestra.
O presidente da OAB São Carlos, Renato Barros, ressalta a importância da transparência pública ocorrida com a realização do encontro. “A OAB tem a obrigação legal de zelar pela cidadania e, quando a Prefeitura vem à OAB apresentar a situação e as ações de combate às enchentes aos advogados, trata-se de um exercício de cidadania. Nós estamos acompanhando o que a Prefeitura faz em prol da sociedade e iremos cobrar dos gestores atuais e futuros o cumprimento destes projetos. Além disso, considero que a visita foi muito positiva, com a presença de muitos advogados e que tiveram participação ativa na atividade”, disse Renato.
João Muller, secretário municipal de Obras Públicas, lembra que, para que resultados ainda melhores sejam alcançados, as ações e projetos devem continuar independente da administração. “Pudemos mostrar aos advogados tudo aquilo que a administração atual vem realizando para combater as enchentes, dotar a cidade de mais drenagem e planejamento, bem como os projetos que estão sendo contratados, e eles entenderam que um único governo não tem como solucionar todos os problemas de enchente. É muito importante que exista a continuidade administrativa”, reflete Muller.
O secretário municipal de Governo, Netto Donato, agradeceu o convite e a oportunidade de debate e apresentação de sugestões pelo público presente. “A OAB entendeu necessária uma reunião para comunicar os advogados sobre os procedimentos e projetos que estão sendo feitos e pudemos mostrar institucionalmente as obras já realizadas, o histórico das chuvas e o planejado para o futuro. Esse diálogo engrandece a cidade de São Carlos e é com diálogo e transparência que temos que trabalhar, debatendo a nossa cidade com crescimento e planejamento”, finaliza Netto.
Também estiveram presentes os secretários municipais Walcinyr Bragatto (Administração Regional), Anderson Ferrares (Desenvolvimento Econômico), Roselei Françoso (Educação), Will Marques (Habitação e Desenvolvimento Urbano), José Wamberto Zanchim Junior (Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável), Samir Gardini (Segurança Pública e Defesa Social), Marcelo Targas (Serviços Públicos), Danieli Favoretto (Trabalho, Emprego e Renda) e Cesinha Maragno (Transporte e Trânsito), o presidente do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), Mariel Olmo, o presidente da Associação Comercial e Industrial de São Carlos (ACISC), José Fernando “Zelão” Domingues, e o ex-presidente da Associação dos Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos de São Carlos (AEASC), Agnaldo José Spaziani Junior.