Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Preço do etanol sobe R$ 0,15 por litro e gasolina é mais vantajosa para quem tem carro flex

Por Umberto Ferretti, da Agência Rádio 2

 

Abastecer o carro com álcool está bem mais caro.

Nos últimos 40 dias, o preço médio do litro subiu 15 centavos, de dois e 97 para três e 12.

A pesquisa foi feita pela Agência Nacional do Petróleo, em postos de todo o País.

Além da demanda maior, em algumas regiões, com cada vez mais gente na rua, depois da quarentena, o aumento do preço do etanol já é reflexo do fim da safra de cana.

Nessa época, a oferta cai. E é possível que os valores continuem em alta até a próxima colheita, em fevereiro ou março do ano que vem.

O preço da gasolina também subiu, nos últimos 40 dias, mas o avanço foi bem menor, de sete centavos.

Com isso, o litro passou de quatro e 35 para quatro e 42, na média.

Nesse caso, podem ter pesado os reajustes nas refinarias, autorizados pela Petrobras, e a demanda maior, seja por conta da retomada das atividades ou porque muito dono de carro flex trocou o álcool pela gasolina.

Isso porque, no geral, sem esquecer que os valores mudam de uma região do País para outra, ela hoje é a opção mais vantajosa.

É que um veículo abastecido com etanol roda cerca de 30 por cento menos, número de pode variar com base no tipo de motor, no terreno e no estilo de dirigir, por exemplo.

Por isso, o motorista deve sempre fazer as contas antes de encher o tanque.

Com a gasolina vendida a quatro e 42, o etanol, que hoje sai a três e 12, só vale a pena se custar menos de três reais e nove centavos.