Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Preço da batata dispara, exportações de frango ganham força e cotação do boi gordo segue em alta

Por Agência Rádio 2 – 04/08/2021

 

O preço da batata simplesmente disparou, nos últimos dias. Isso mesmo com a demanda fraca, já que a população ainda não recebeu o salário e não foi às compras. O Cepea apurou que o aumento das cotações, nas centrais de abastecimento de São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, ficou entre 40 e 50 por cento. E, em todos os casos, a saca da ágata especial foi vendida acima dos 90 reais. A explicação fica por conta das geadas, que castigaram várias regiões produtoras e derrubaram a oferta.

As exportações de carne de frango fecharam o mês de julho em alta. Dados do Governo apontam que o volume embarcado chegou a quase 400 mil toneladas, 16 por cento a mais que no mesmo período do ano passado. O câmbio favorável, além da demanda externa aquecida, turbinou as vendas. E com preços em média 30 por cento maiores, o faturamento dos criadores de aves com as exportações aumentou 51 por cento e pulou de menos de 450 para mais de 670 milhões de dólares.

Um dos motivos que fizeram a procura pelo frango crescer, inclusive no mercado interno, é o fato de que o boi está mais caro do que muita gente consegue pagar. Entre outras coisas, por conta da baixa oferta. Balanço da Scot Consultoria indica que a cotação do boi gordo voltou a subir, em algumas praças, nesta semana. Casos do Triângulo Mineiro e do Mato Grosso do Sul, locais onde a arroba custa entre 313 e 317 reais, preço bruto e a prazo. Em São Paulo, a cotação média já tinha chegado a 317 reais e estacionou nesse patamar.