Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

PIX começa a ser cobrado das empresas; clientes jurídicos podem pesquisar a melhor taxa

Por Agência Rádio 2 – 26/05/2021

 

Gratuito para pessoas físicas, o PIX pode ser cobrado das empresas e a tarifa tem surpreendido empresários e empreendedores.

Reportagem do Infomoney mostra que muitas pessoas jurídicas não sabiam que poderiam ter que pagar pelo serviço.

A cobrança é autorizada pelo Banco Central e começou a ser feita em março por algumas insituições.

E a taxa não tem um custo ou percentual fixo, o que deve gerar uma competição no mercado para atrair clientes.

É possível encontrar banco que ainda não cobra a tarifa ou que decidiu isentar microempreendedores individuais, os MEIs.

Para quem quer economizar, vale fazer uma pesquisa.

O sistema instantâneo de pagamentos foi lançado em novembro do ano passado e até abril, registrou o cadastro de cinco milhões e 400 mil empresas.

Entre as pessoas físicas, o número chegou a 81 milhões e 900 mil cadastros no PIX.

Colabore com a Rádio Diocesana, seja um Amigo da Rádio. Entre em contato no fone (16) 3362-4485 ou pelas nossas Redes Sociais.