Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

País deve cair três posições e sair do ranking das maiores economias do mundo

Por Sig Eikmeier, da Agência Rádio 2

 

Brasil deverá ficar de fora da lista das dez maiores economias do mundo, que considera os resultados do Produto Interno Bruto, o PIB.

Em 2019, o país ocupava a posição de número nove, mas este ano deverá ser ultrapassado por Canadá, Coreia do Sul e Rússia.

A previsão é dos pesquisadores Marcel Balassiano e Cláudio Considera, do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas, a FGV.

No estudo, eles se basearam nas projeções feitas em outubro pelo Fundo Monetário Internacional, o FMI, de que o PIB brasileiro deve recuar 28 vírgula três por cento este ano.

Com o recuo, ele passará de cerca de nove trilhões e 600 milhões de reais, em 2019, para aproximadamente sete trilhões e meio de reais em 2020.

De acordo com os pesquisadores, além da queda na atividade econômica causada pela pandemia de Covid-19, houve forte desvalorização cambial do real frente ao dólar, que já passa de 40 por cento.

Entre 2011 o Brasil ocupava a posição de sétima maior economia do mundo, passou para a oitava colocação em 2017 e para a nona em 2018.

O estudo prevê que este ano o país passe para a posição de número doze no ranking.