Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Operação Natal dos alunos da UFSCar e USP, arrecadam donativos

Da Redação – 04/12/2020

 

A tradicional Operação de Natal está em ação em São Carlos.

O projeto de extensão da UFSCar e da USP, reuni mais uma vez voluntários das duas universidades para arrecadação de donativos em prol aos mais necessitados.

No Jornal SDS desta sexta-feria (04) o Coordenador de Arrecadação, Lucas Cavalcante falou sobre o projeto, da importância dela para a cidade e sobre o Dia D que acontecerá no dia 12/12.

 

Confira a entrevista completa

 

A História do Projeto:

 

A Operação Natal (OPN) é um projeto de extensão da UFSCar e da USP São Carlos, agrupando voluntários dessas duas universidades. Com a missão de contagiar as pessoas com o espírito natalino contínuo, criando laços e gerando impacto altruísta na sociedade, promove-se durante o segundo semestre ações voltadas para ajudar instituições carentes da cidade. Foi criado em 2006 no PET da Produção da UFSCar, a partir de uma grande ideia, mas com poucos participantes; atualmente, após 15 anos de crescimento contínuo, o projeto de extensão é sólido e tem conquistado grande reconhecimento perante os moradores da cidade e instituições parceiras.
Tendo como valores fundamentais humildade, empatia, engajamento, responsabilidade, transformação e sinergia, a Operação Natal almeja consolidar-se como projeto social universitário de referência, com expansão para outras universidades. O envolvimento dos voluntários com as atividades faz com que a vontade de ajudar o próximo se estenda pelo ano todo; o impacto gerado pelo espírito natalino, a priori pontual, torna-se contínuo.
Nas instituições, promove-se dinâmicas entre voluntários e moradores; as ações mais importantes são as que acontecem na entregas dos donativos (obtidos por meio de panfletagens em supermercados, escolas e em bairros da cidade, no evento Dia D) e das sacolinhas-presente, preparadas pelos “padrinhos” que se voluntariam a “adotar” uma criança, completando-as com os itens necessários. Além disso, conduz-se atividades de conscientização em algumas escolas particulares e instituições da cidade, bem como uma intervenção pontual com transeuntes no Pit Stop. Estruturalmente, há atualmente 9 times entre os quais se dividem as tarefas: Ação Social, Arrecadação, Logística, Recursos Humanos, Marketing, Parcerias, Qualidade, Sacolinhas e Logística.
O incremento no impacto provocado deu-se gradualmente conforme o reconhecimento da OPN aumentava ao longo dos anos, cumprindo com sua missão cada vez mais: de menos de 20 organizadores, 600 brinquedos e 670kg em 2006 para quase 390 membros fixos, 1542 sacolinhas e 26.500kg em 2019.