Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

ONU não vai exigir vacina de líderes que vão para Assembleia-Geral em NY

Por Agência Rádio 2 – 20/09/2021

 

Organização das Nações Unidas (ONU) decidiu não exigir comprovação de vacina contra a Covid-19 de líderes mundiais e diplomatas que participam da Assembleia-Geral da entidade a partir desta terça-feira, em Nova York. 

Em entrevista à Reuters, o secretário-geral da ONU, António Guterres, afirmou que a entidade internacional não poderia exigir o certificado de líderes globais. 

A decisão da ONU tem caráter diplomático, já que ante a possibilidade de pedir o documento, algumas nações reagiram negativamente. 

Foi o caso da Rússia, que considerou a medida discriminatória e contraditória à declaração do próprio Guterres, de que um chefe de Estado não pode ser impedido de entrar na ONU. 

O encontro deve reunir mais de 100 representantes dos países-membros, entre eles, o presidente Jair Bolsonaro, que declara não estar vacinado. 

E que só depois que todo mundo tomar a vacina, vai decidir seu futuro.