Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Mutuário inadimplente com a casa própria poderão usar FGTS para negociar dívida

Da Redação – 03/05/2022 – Foto: Divulgação

 

O mutuário inadimplente com a casa própria já pode usar o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para negociar o pagamento de até 12 prestações em atraso. A medida foi autorizada pelo Conselho Curador do FGTS no último dia 20.

O Conselho Curador aumentou, de três meses para 12 meses, o limite de uso do saldo do fundo para quitar parcelas em atraso.

A medida vale até 31 de dezembro. O uso do FGTS para reduzir o valor de prestações futuras ou abater atrasos inferiores a 90 dias existe há bastante tempo, mas a destinação dos recursos para pagar mais de três parcelas atrasadas, até agora, exigia autorização da justiça.

Atualmente 80 mil mutuários de financiamentos habitacionais têm mais de três parcelas em atraso e são considerados casos de inadimplência grave.  Desse total, 50% têm conta vinculada ao FGTS.