Mundo supera 1,5 milhão de mortes por Covid-19; cerca de 65 milhões de pessoas já foram infectadas

Por Milena Abreu, da Agência Rádio 2 – 04/12/2020

 

Mais de um milhão e 500 mil vidas já se perderam, em todo o planeta, em razão de complicações causadas pelo novo coronavírus.

A triste marca foi registrada pelo painel de monitoramento da Universidade Johns Hopkins, que acompanha a evolução da pandemia com base nos registros oficiais dos governos.

Até a manhã desta sexta-feira, 4 de dezembro, cerca de 65 milhões de casos da doença já haviam sido confirmados em todo o mundo.

Neste mês de dezembro, completa um ano que o vírus da Covid-19 foi diagnosticado pela primeira vez, na China.

Nesse período, se espalhou por todo o planeta, impondo mudanças à vida de milhares e milhares de pessoas e impactando, de forma negativa, a economia de dezenas de nações.

Até o momento, a América Latina e Caribe são, em números brutos, as regiões mais afetadas pela pandemia: somam mais de 452 mil mortes, à frente das 430 mil vidas perdidas nos países da Europa.

Já nos Estados Unidos e no Canadá, a Covid-19 já foi responsável pela morte de aproximadamente 290 mil pessoas.

2020 termina com a expectativa de que as vacinas que estão chegando possam fazer com que o cenário seja melhor em 2021.

Enquanto isso não acontece, o mundo acompanha, apreensivo, o crescimento do número de casos e mortes, no que está sendo chamado de segunda onda da doença.

Mais de 4 milhões de novos casos de Covid-19 foram registrados, em média, a cada semana desde meados de novembro. Mais de 10 mil óbitos estão sendo registrados diariamente.