Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Missa em ação de graças pelos 250 anos da Congregação das Irmãs Passionistas

Por Sidney Prado – Assessoria de Comunicação de Imprensa da Diocese de São Carlos – 03/05/2021

 

Neste domingo (02) Dom Eduardo Malaspina presidiu a missa em ação de graças pelos 250 anos de fundação da Congregação das Irmãs Passionistas de São Paulo da Cruz.

O Administrador Diocesano ressaltou o trabalho realizado pelas Irmãs do Mosteiro São Paulo da Cruz, em São Carlos, destacando a inspiração das religiosas em fazer memória da Paixão de Jesus e das Dores de Maria Santíssima.

História

A Congregação foi criada em Tarquínia na Itália em 1771, com a inspiração de fazer memória da Paixão de Jesus e das Dores de Maria Santíssima. No Brasil, as sete primeiras monjas chegaram em 1936 e atualmente existem três mosteiros espalhados pelo país, incluindo o de São Carlos.

A  vida contemplativa das monjas do Mosteiro São Paulo da Cruz na Diocese de São Carlos, teve início em maio de 1977, com a vinda de sete Irmãs  (Madre Ângela Teresa, Madre Serafina, Maria da Paz, Maria Imaculada, Matilde, Inês e Maria Regina) que viviam no Mosteiro Passionista Santa Gema em São Paulo.
As religiosas da Paixão de Jesus Cristo têm como fundadores: São Paulo da Cruz. A primeira Monja e cofundadora  foi a Venerável Madre Maria Crucifixa de Jesus.

 

Irmã Matilde tem 89 anos de vida e 64 anos de vida religiosa.
Vida contemplativa das monjas do Mosteiro São Paulo da Cruz
Religiosas do Mosteiro São Paulo da Cruz na Diocese de São Carlos
Momento Oracional