Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Ministério da Saúde libera Certificado de Vacinação para quem foi imunizado contra Covid com doses diferentes

Por Agência Rádio 2 – 26/10/2021

 

Atenção se você foi imunizado contra o coronavírus com doses de laboratórios diferentes: já é possível obter o Certificado Nacional de Vacinação.

O Ministério da Saúde autorizou a emissão do documento, que é obtido por meio do aplicativo “Conecte SUS”.

O Certificado Nacional de Vacinação contra a Covid-19 é um documento que comprova a vacinação do cidadão e pode ser emitido por todos aqueles que completaram o esquema vacinal contra a doença, tomando as duas doses ou a vacina de dose única.

Ele pode ser emitido também em inglês ou espanhol e tem sido exigido, por exemplo, por alguns países para liberar a entrada de viajantes.

No entanto, quem tomou o mix de vacinas não estava conseguindo ter acesso ao documento.

Em nota técnica, o Ministério da Saúde ressaltou que a mistura de doses, chamada intercambialidade, só é recomendada a grávidas, mães no pós-parto e para casos de reação alérgica em quem tomou o imunizante AstraZeneca, como trombose, por exemplo.

No entanto, em algumas localidades do país, pessoas que receberam a primeira dose da AstraZeneca tomaram a segunda dose da Pfizer, quando faltou nos postos o imunizante produzido pela Fiocruz.

Até esta segunda-feira, de acordo com o governo federal, mais de 115 milhões de pessoas já tinham completado o esquema vacinal Covid-19 no nosso país.

Além disso, o aproximadamente 5 milhões de brasileiros, pertencentes a grupos mais vulneráveis à doença, já receberam a dose de reforço.