Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Manter as contas em dia ou acertar débitos exige planejamento e disciplina

Por Agência Rádio 2 – 29/03/2022

 

Colocar as finanças em ordem pode parecer uma missão difícil e o mais importante é dar o primeiro passo.

Uma dica é tentar guardar uma quantia todo mês, de forma automática e com disciplina, sem que seja preciso lembrar de tirar o dinheiro da conta.

De acordo com os especialistas, a tendência é a pessoa deixar de contar com o valor que é retirado e sentir satisfação ao perceber que conseguiu poupar um pouco.

Outra medida importante é se policiar para não gastar mais do que ganha.

As pesquisas mostram que as principais causas das dívidas são o cartão de crédito e o cheque especial.

Na hora a pessoa não sente o gasto e acredita que ele vai caber no orçamento, mas depois pode faltar para outras contas.

E para quem já está no vermelho, o ideal é priorizar as contas que têm os juros mais altos.

Quanto for possível acertar todos os débitos, o melhor é reduzir ao máximo cartões de crédito e, se possível, ser correntista de apenas um banco.

Além de facilitar o controle dos gastos, serão menos taxas para pagar.