Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Leilão do 5G rende R$ 46,7 bilhões; tecnologia vai ampliar conectividade em escolas e estradas

Por Agência Rádio 2 – 08/11/2021

 

Governo concluiu o maior leilão de radiofrequências da América Latina e vai poder ampliar a rede de internet nas escolas públicas, em estradas e oferecer uma rede de conexão com maior velocidade e modernizada, com a tecnologia 5G. 

As ofertas renderam 46 bilhões 790 milhões, dos quais mais de 39 bilhões serão revertidos em investimentos para ampliar a conectividade no Brasil. 

Foram arrematados 85% dos lotes oferecidos.  

Ficaram sem ofertas principalmente as faixas de 26 Gigahertz, que garantem funcionalidades para redes industriais, mineração e logística. 

É também dessa faixa a operação de conectividade em escolas públicas urbanas e rurais. 

De acordo com o ministro das Comunicações, Fábio Faria, a negociação dos lotes que não tiveram interesse no leilão poderá ser feita posteriormente. 

Nem o ministro nem a Anatel confirmaram quando os lotes encalhados poderão ser vendidos, o que não deve ocorrer em novo leilão. 

A chegada da rede 5G – prevista para a metade do ano que vem nas capitais – vai ampliar a velocidade das conexões, com potencial de download de 10 Gigas por segundo. 

Na prática, para baixar um arquivo pelo 4G que atualmente leva 20 segundos, na tecnologia 5G serão necessários apenas 2 segundos. 

Outra vantagem é a redução da latência – que é a oscilação do sinal e a capacidade de resposta para acessar dados. 

A rede 5G terá aplicação em inúmeros setores que requerem tecnologia de precisão, como no funcionamento de carros autônomos, cirurgias à distância; ampliação das funções da Internet das Coisas, utilizada nas casas conectadas e no streaming, que beneficia principalmente os games.