Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Jogadores que disputarão a Copa América serão testados para Covid-19 a cada 48 horas

Por Agência Rádio 2 – 08/06/2021

 

A Copa América começa no próximo domingo, dia 13 de junho.

Originalmente, seria sediada na Argentina e na Colômbia, mas ambos os países desistiram de receber jogos do torneio e, atendendo a um pedido da Confederação Sul-Americana de Futebol, a Conmebol, o Brasil aceitou sediar os jogos.

Equipes e jogadores se locomoverão entre as quatro cidades-sede: Brasília, Cuiabá, Goiânia e Rio de Janeiro. O deslocamento será feito por meio de voos fretados e os participantes terão restrição a circulação fora dos hotéis em que ficarão hospedados.

Nesta segunda-feira, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, concedeu uma entrevista coletiva sobre a realização do torneio no Brasil.

Segundo ele, o nosso país já realiza, com segurança sanitária, outras competições esportivas, como jogos da Copa Libertadores, da Copa Sul-Americana, o Campeonato Brasileiro e os campeonatos estaduais e, portanto, não há impedimentos para a realização da Copa América.

Queiroga reiterou que não haverá público em nenhuma das partidas.

O torneio terá 10 equipes, que poderão contar com até 65 pessoas. Ao todo, serão realizados 28 jogas.

Queiroga afirmou que não haverá esquema de vacinação exclusivo para os atletas que participarão da Copa América.

Durante a disputa do torneio, os atletas serão testados para Covid-19 a cada 48 horas. Serão feitos testes moleculares, os chamados RT-PCR, que são mais precisos, se comparados aos testes rápidos.