Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Joe Biden é eleito 46º presidente dos EUA; Donald Trump não reconhece derrota

O candidato democrata Joe Biden conseguiu os 270 delegados do colégio eleitoral norte-americano e está eleito presidente dos Estados Unidos.  

Na reta final da apuração, no sábado, Biden venceu nos estados da Pensilvânia e em Nevada, garantindo mais 26 delegados aos 253 que já estavam garantidos até então e alcançando o total de 279 delegados.  

A contagem de votos ainda não está oficialmente encerrada em todo o país, mas, matematicamente, Biden está eleito.  

Apesar disso, o processo parece estar longe do fim. O atual presidente, Donald Trump, que tentava a reeleição, apresentou ações judiciais em diversas instâncias da Justiça americana questionando a contagem e acusando fraude na contabilidade de votos enviados pelo correio.  

Ele, no entanto, não apresentou nenhuma prova ou mesmo evidência de fraude até o momento. 

Mesmo com a resistência de Trump em reconhecer a derrota, diversas autoridades mundiais já reconheceram a vitória de Biden e o parabenizaram. 

Joe Biden, que está prestes a completar 78 anos, será quadragésimo sexto presidente dos Estados Unidos.  

Ele se tornou o candidato a presidente mais votado da história do país, com mais de 75 milhões de votos. Trump recebeu mais de 70 milhões de votos. 

A vice-presidente de Biden é a senadora Kamala Harris, da Califórnia, primeira mulher a ocupar o cargo no país.  

Em seu primeiro discurso após a vitória estar confirmada, o democrata Joe Biden pregou pacificação entre os americanos: “Prometo ser um presidente que não quer dividir, mas unificar. Alguém que não vê os estados vermelho e azul, e sim os Estados Unidos. E que trabalhará com todo o coração para conquistar a confiança de todo o povo.”