Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Instituto norte-americano prevê 3ª onda de Covid-19 a partir de maio, com mais de 570 mil mortes em agosto

Por Agência Rádio 2 – 04/05/2021

Previsão nada animadora do Instituto de Métricas de Saúde e Avaliações da Universidade de Washington projeta 576 MIL mortes por Covid-19 no Brasil no início de agosto.

O cenário pode ser ainda mais preocupante, segundo o instituto, que uma terceira onda a partir deste mês pode elevar os números para mais de 688 mil óbitos.

A estimativa leva em conta a regressão no número de contaminações pela distribuição de vacinas, mas aponta, na contramão da queda, piora por causa das variantes do novo coronavírus.

E ainda pelo relaxamento nas medidas sanitárias pelas pessoas vacinadas, que tendem a adotar as mesmas condutas de circulação de antes da pandemia.

O imunizante protege da doença e reduz a carga de transmissão, mas não elimina por completo o risco de contaminação.

O instituto avalia que o país pode viver uma terceira onda a partir de 21 de maio, com pico de mortes em 4 de julho.

Colabore com a Rádio Diocesana, seja um Amigo da Rádio. Entre em contato no fone (16) 3362-4485 ou pelas nossas Redes Sociais.