Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Homens podem ser os principais transmissores do coronavírus, diz estudo

Por Agência Rádio 2 – Imagem: Internet 30/08/2021

 

Homens podem espalhar o coronavírus com mais facilidade e são também os mais afetados por quadros graves da Covid-19.

A conclusão é do Centro de Estudos do Genoma Humano e de Células-Tronco, base de ciência e inovação da Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de São Paulo.

O estudo foi realizado com MIL 744 casais, divulgado na plataforma Méd-archive Med-Rxiv, site de pré-publicações em saúde, sem revisão por outros profissionais.

A professora de Biociências da Universidade de São Paulo e coordenadora do Centro, Mayana Zatz, disse que os resultados se assemelham a outros estudos que comprovaram maior taxa de transmissão do vírus por homens.

Em exames de detecção por meio da saliva, foi identificado que pessoas do sexo masculino têm carga viral dez vezes maior do que mulheres, principalmente na faixa etária até 48 anos de idade.

Como o vírus se propaga por gotículas de saliva, o resultado induz a confirmação de maior transmissão por esse público.

O estudo levou em conta, também, respostas entre DOIS MIL casais em que um dos cônjuges foi infectado e teve sintomas, no período de julho do ano passado até julho deste ano.

Na maioria dos casos, os homens foram os primeiros ou únicos contaminados: de 946 para 660 mulheres.