Governo prorroga o Desenrola por mais três meses

O Governo Federal anunciou hoje a prorrogação do programa “Desenrola” por mais três meses. O programa de renegociação de dívidas, que estava previsto para encerrar no dia 31 de dezembro, agora se estenderá até o final do primeiro trimestre de 2024.

O “Desenrola” tem como foco dívidas negativadas no período entre 1º de janeiro de 2019 e 31 de dezembro de 2022. A medida visa oferecer oportunidades de regularização financeira para os cidadãos que se encontram nessa situação.

De acordo com o Secretário de Reformas Econômicas do Ministério da Fazenda, Marcos Barbosa Pinto, o governo enviará uma medida provisória ao Congresso Nacional na próxima semana para oficializar a prorrogação do programa. Além disso, o secretário informou que o requisito de possuir uma conta Gov.br Prata ou Ouro para acessar a plataforma será eliminado.

Segundo Barbosa Pinto, após o período estendido do programa, o governo está considerando manter a plataforma “Desenrola” ativa, permitindo que credores e devedores continuem a negociar. No entanto, a garantia do Fundo Garantidor de Operações, fundo do Tesouro Nacional que cobre eventuais calotes daqueles que aderem à renegociação, não será mais assegurada nesse período estendido.