Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Francisco regressa do Iraque. A oração na Basílica de Santa Maria Maior

Por Vatican News – 08/03/2021
O voo de retorno de Bagdá pousou no aeroporto de Ciampino de Roma de onde o Papa foi diretamente para a Basílica mariana levando consigo um buquê de flores do Iraque

Concluiu-se nesta manhã a 33ª viagem apostólica do Papa Francisco, que desde sexta-feira (05) até o final de domingo (07) visitou inúmeros lugares no Iraque, dando origem a encontros e momentos que já foram definidos como históricos pela sua importância. O Papa chegou ao aeroporto de Ciampino em Roma por volta das 12h20 (8h20 no Brasil). Cerca de setenta jornalistas também estavam a bordo do avião papal, documentando as palavras e gestos do Papa desde sua chegada em Bagdá até a missa de ontem à tarde em Erbil, que preencheu mais de 72 horas de alta intensidade humana e espiritual.

Após seu desembarque em Ciampino, a Sala de Imprensa do Vaticano informou que Francisco “foi rezar na Basílica de Santa Maria Maior, diante do ícone da Virgem Salus Populi Romani, em cujo altar ele colocou um buquê de flores trazido do Iraque”.

O Papa deixou o país após abraçar a comunidade católica local, que de certa forma saiu do confinamento das catacumbas causado pela ferocidade jihadista, e também estabeleceu novas relações no caminho do diálogo inter-religioso – com o longo diálogo com o Aiatolá Al-Sistani, a máxima autoridade xiita – e com outros líderes religiosos simbolicamente reunidos na Planície de Ur dos Caldeus, o lugar onde Abraão partiu para a Terra Prometida que agora, na esperança de Francisco, se torna a da paz para todo o Oriente Médio.

Comentando à Rádio Vaticano – Vatican News sobre os acontecimentos nos últimos dias no Iraque, o Cardeal Louis Raphaël I Sako, Patriarca da Babilônia dos Caldeus, falou de um “advento” para cristãos e muçulmanos.