Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Força-tarefa do TCE de SP identifica irregularidades no tratamento do lixo em mais da metade dos aterros vistoriados

Da Redação – 14/03/2022

 

Uma Força-tarefa de 272 técnicos do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE-SP) identificou na última semana irregularidades no tratamento do lixo em mais da metade dos aterros (61,48%) vistoriados em 247 municípios.

Os flagrantes mais comuns foram de catadores informais trabalhando diretamente nos locais – o que é proibido pela legislação; animais descartados irregularmente e em estado de decomposição; e acúmulo de chorume, resíduo poluente que contamina o solo e pode comprometer o lençol freático.

Em nota, o Tribunal informa que, “A ação teve o objetivo de vistoriar como o dinheiro público está sendo empregado no tratamento de resíduos sólidos, verificar os serviços de coleta de lixo domiciliar e hospitalar e a existência de aterros irregulares para a destinação de resíduos da construção civil”.