Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Falando de Tecnologia: Armazenamento ilimitado do Google Fotos está com os dias contados. E agora?

Por Milena Abreu, da Agência Rádio 2

 

Acabou a gentileza… O Google anunciou o fim do armazenamento ilimitado do Google Fotos.  

O Google decidiu acabar com o armazenamento ilimitado de mídia do Google Fotos e os usuários já estão sendo comunicados sobre a mudança.  

A partir do dia primeiro de junho do ano que vem, as fotos enviadas para o serviço vão passar a ocupar o limite de armazenamento gratuito de 15 giga que a empresa oferece em toda conta.  

E-mails, documentos e outros tipos de dados salvos em plataformas como o Google Drive e o Gmail já ocupam esse espaço, que agora, portanto, será dividido também com as imagens enviadas para o Google Fotos.  

O que significa que, se você precisar de mais espaço nos servidores do Google, vai ter que pagar pelo serviço Google One.  

O plano mais básico de armazenamento na nuvem do Google é o de 100 GB, que sai por R$ 6,99 por mês – ou R$ 69,99 pra quem fecha o plano anual.  

A opção mais cara garante ao usuário 2 TB de armazenamento e custa R$ 34,99 por mês – ou R$ 349,99 por ano.  

 Você pode, dividir o armazenamento de seus registros em várias nuvens, como Dropbox, iCloud, OneDrive e Flickr, por exemplo.  

São plataformas que possuem cotas de espaço gratuito e planos de pagamento para armazenamento extra, assim como o Google, a partir do ano que vem.  

Você também pode pesquisar em quais desses serviços o preço é mais vantajoso, se optar por pagar e arquivar tudo em um único ambiente.  

Vale destacar que, repercutindo a decisão, o Google afirmou que quando as mudanças forem implementadas, praticamente 8 em cada 10 usuários não vão ser imediatamente afetados em razão de seu perfil de uso. São pessoas que, segundo a empresa, ainda terão espaço de sobra para armazenar arquivos de mídia por pelo menos mais três anos.  

Também é importante ressaltar que, segundo comunicado enviado aos usuários, a mudança não afetará os vídeos e fotos armazenados antes do dia da mudança: 1º de junho de 2021.  

Em outras palavras: os arquivos que já estão salvos e os que você vai salvar até 31 de maio do ano que vem não consumirão o armazenamento gratuito da sua conta. 

E uma curiosidade, antes de terminar? De acordo com o Google, a plataforma Google Fotos já armazena mais de quatro trilhões de fotos e vídeos e 28 bilhões de novos itens são enviados a cada semana por usuários de todo planeta.