Estado de São Paulo tem 19 variantes do novo coronavírus em circulação

Por Agência Rádio 2 – 17/06/2021

 

Instituto Butantan, em São Paulo, identificou 19 variantes do novo coronavírus no estado.

Dados coletados em laboratórios públicos e privados apontam que a cepa predominante é a Gama, cientificamente denominada P.1, identificada pela primeira vez em Manaus.

Mas há registros da variação Alfa, que surgiu no Reino Unido, e da B1-128, que deu origem à Gama.

As informações foram coletadas de janeiro até 29 de maio em 834 MIL 114 testes positivos.

A variante Gama responde por 90 POR CENTO dos casos avaliados; a Alfa, pouco mais de QUATRO POR CENTO; e a B1-128 em TRÊS E MEIO POR CENTO dos infectados.

A região da Grande São Paulo teve maior número de variantes em circulação – total de 13; seguida pelas regiões de Sorocaba, com OITO; e Campinas, com SETE.

Especialistas alertam que a transmissão descontrolada do vírus pode tornar o Brasil uma fábrica de mutações do vírus.