Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Esporte: Rodada do fim de semana do Brasileirão, marcada por tropeço do Palmeiras e boas vitórias de Corinthians, São Paulo e Grêmio

Por Agência Rádio 2 – 23/08/2021

 

O líder Atlético-MG nem jogou, mas foi o principal vitorioso do fim de semana. O Galo, que está cinco pontos à frente do vice-líder Palmeiras, entra em campo pela décima sétima rodada nesta segunda, fora de casa, oito da noite, no horário de Brasília, contra o Fluminense.

Animado pelo fato de que quase todo mundo que vem atrás na tabela tropeçou. Entre os onze primeiros, apenas o Corinthians venceu: 1 a 0 pra cima do Athletico-PR, em Curitiba. A maior zebra ficou por conta do vice-líder.

Em casa, o Palmeiras levou um gol do Cuiabá no primeiro minuto, viu o adversário se fechar totalmente, pressionou, perdeu muitas chances e ainda sofreu mais um gol, no fim, num contra-ataque. Placar final: 2 a 0 Cuiabá. Foi o quarto jogo seguido, no Brasileiro, sem vitória do Verdão.

Em entrevista à TV Globo, o goleiro Weverton admitiu que a situação preocupa: O Fortaleza, terceiro colocado, empatou, fora, com o Juventude, por 1 a 1. O quarto era o Red Bull Bragantino, outro que joga nesta segunda, em Minas, contra o América, oito da noite. Mas que foi ultrapassado pelo Flamengo, que ficou no 1 a 1, no Castelão, com o Ceará, que é o oitavo. O Atlético-GO, sétimo, perdeu pontos importantes ao empatar, em casa, pelo mesmo placar, com a lanterna Chapecoense.

Enquanto o duelo entre o décimo primeiro e o décimo, Santos e Inter, na Vila, terminou 2 a 2. E se o Corinthians foi o único entre os 11 primeiros que venceu, ele se deu bem: subiu cinco posições na tabela e entrou no G6, em sexto. Também à TV Globo, na beira do campo, o volante Roni, autor do gol contra o Athletico, falou sobre a evolução da equipe, invicta há três rodadas: Já na briga contra o rebaixamento, se deram bem Grêmio e SP, que venceram confrontos diretos.

O tricolor gaúcho fez 2 a 0 no Bahia, em casa, e o paulista fez 1 a 0 no Sport, fora; e, na verdade, momentaneamente, se afastou da luta lá em baixo.