Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Esporte: Confrontos das oitavas da Libertadores e da Sul-Americana, definidos em sorteio, e os jogos decisivos de hoje pela Copa do Brasil

Por Agência Rádio 2 – 02/06/2021

 

Estão definidos os confrontos das oitavas de final da Libertadores.

O sorteio foi generoso com alguns brasileiros, mas com outros nem tanto.

O Atlético-MG vai encarar ninguém menos o Boca Juniors.

Enquanto o São Paulo terá pela frente outro argentino, o Racing, que o tricolor já enfrentou, na fase de grupos, quando o time do técnico Crespo perdeu uma partida e empatou outra.

Se nessas partidas há um certo equilíbrio, apesar de o Atlético viver uma fase melhor que a do Boca, nas outras dá pra apontar um certo favoritismo para os brasileiros.

A Libertadores ainda terá Inter e Olímpia, Flamengo e Defensa y Justicia, Fluminense e Cerro Porteño; e Palmeiras e Universidad Católica, além de Barcelona e Vélez, Argentinos Juniors e River Plate.

Já na Copa Sul-Americana, os confrontos das oitavas ficaram assim: Red Bull Bragantino e Del Valle, Grêmio e LDU, Athletico-PR e América de Cali; e Santos e Independiente, além de Nacional e Peñarol, Junior Barranquilla e Libertad, Deportivo Táchira e Rosário Central, Sporting Cristal e Arsenal.

Mas como essas partidas ainda vão demorar pra acontecer, serão apenas em julho, o foco agora é outro.

Nesta quarta-feira, nada menos que 14 times entram em campo para os duelos de ida da terceira fase da Copa do Brasil.

Que, a partir de agora, passa a contar com as equipes que estão ou estavam na Libertadores e que por isso puderam pular as duas primeiras etapas.

Quatro e meia da tarde, no horário de Brasília, tem Grêmio e Brasiliense, Chapecoense e ABC.

Sete da noite, além de Remo e Atlético-MG, tem um clássico cearense entre Fortaleza e Ceará.

E às nove e meia serã o mais três partidas: Fluminense e Red Bull Bragantino, América e Criciúma, Corinthians e Atlético-GO.

Em todos os casos, o duelo de volta será na semana que vem e não existe nenhum tipo de vantagem, nem a questão do gol fora de casa como critério de desempate.