Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Doutor dos Pobres é co-patrono de ciclo de estudos na Lateranense

Por Alessandro De Carolis – Vatican News – 29/04/2021
Com um quirógrafo, o Papa Francisco confiou o curso de Ciências da Paz instituído em 2018 à custódia espiritual do médico venezuelano José Gregorio Hernández Cisneros, que será beatificado na sexta-feira em Caracas.
O Beato João da Paz, franciscano terciário do século XIII, foi escolhido pelo Papa em novembro de 2018 como patrono do novo ciclo de Estudos em Ciências da Paz da Universidade Lateranense. Ao seu nome e à sua proteção – a de um homem turbulento habituado às armas que foi tocado pelo Evangelho e substituiu a armadura pelo hábito – junta-se agora a figura do médico com alma de contemplativo, o homem que em sua Venezuela mescla ciência e fé servindo os últimos, também ele franciscano terciário, setecentos anos depois do Beato João.

A decisão foi do Papa Francisco, que com um quirógrafo determinou que José Gregorio Hernández Cisneros (1864-1919) seja o “co-patrono” do ciclo de estudos em Ciências da Paz, instituído junto à Pontifícia Universidade Lateranense em novembro de 2018.

A escolha se realiza na véspera da beatificação do “Doutor dos Pobres”. O rito será presidido na sexta-feira, em Caracas, pelo núncio apostólico no país, arcebispo Aldo Giordano, depois que a planejada presença do cardeal secretário de Estado, Pietro Parolin, foi cancelada por motivo de força maior, especialmente ligada à pandemia de Covid-19.

Já o substituto da secretaria de Estado, arcebispo Edgar Peña Parra, presidirá a Missa de Ação de Graças em Roma, na paróquia de Santa Maria ai Monti, no domingo, 2 de maio, às 16h00, que contará com a participação da comunidade venezuelana residente na capital italiana, e que geralmente se reúne naquela igreja para a Celebração Eucarística.