Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Dom Eduardo Malaspina preside Sacramento da Crisma em Borborema

Por Assessoria de Imprensa da Diocese de São Carlos com informações da Pascom Paroquial – 06/10/2021

 

Na sexta-feira, dia 01 de outubro, memória de Santa Terezinha do Menino Jesus, Dom Eduardo Malaspina esteve na Paróquia São Sebastião de Borborema, onde presidiu a Santa Missa e ministrou o Sacramento da Crisma para 95 jovens. Concelebraram com o administrador diocesano, o pároco, Pe. Walterlei Anderson de Sá e o reitor do Seminário São João Paulo II e coordenador diocesano de pastoral, Pe. Marcelo Aparecido de Souza, que também foram autorizados pelo bispo para auxiliar no rito sacramental da Crisma.

No início da celebração, Padre Walterlei, acolheu Dom Eduardo com muita alegria. Em menos de um mês, o bispo esteve presente na paróquia celebrando o centenário de criação. Após a proclamação do evangelho, o pároco fez a apresentação dos jovens crismandos e dos padrinhos e madrinhas. Dom Eduardo, ressaltou a importância deste sacramento na vida crismandos e, pediu aos pais e padrinhos que os ajudem a perseverarem no caminho de Jesus.

Na homilia, o administrador diocesano enfatizou sobre o dia de Santa Terezinha e a necessidade de que todo cristão não deve ser frio ou morno na sua vivência de fé, mas um bom seguidor de Jesus, deve ser um cristão autêntico, corajoso e destemido na capacidade de testemunhar a Cristo na Igreja e na sociedade.

Além disso, fez um advertiu aos jovens crismandos, para que estejam atentos a vida do irmão, do próximo, da vivência em comunidade e sempre disponíveis em ajudar, fazendo do mundo um lugar melhor: “Essa é a principal mensagem do Evangelho de Cristo,dialoguem, sejam pacientes, atenciosos, amorosos e caridosos. Não fiquem somente no seu mundinho, hoje através deste sacramento do Crisma, o Espírito de Deus te impulsiona a servir. Cristo te chama para que alarguem as suas tendas, para que alcancem mais pessoas ao seu redor, tenham coragem de seguir o caminho, sendo pessoas do bem, zelosas por aqueles que precisam de atenção e amor” enfatizou Dom Eduardo.

No final da reflexão, lembrou da missão dos padrinhos e madrinhas, na tarefa de acompanhar espiritualmente cada um de seus afilhados, sendo sinais de Cristo, presentes na vida deles, ajudando nos seus projetos e sonhos. Por fim, incentivou os jovens a se inserirem na comunidade, ajudando no trabalho pastoral, seja na catequese, grupo de jovens, pastorais sociais.

No final da celebração, Dom Eduardo e também o pároco, Pe. Walterlei, agradeceram aos catequistas pelo trabalho, dedicação e amor, principalmente neste período em que a catequese de crisma foi interrompida pela pandemia do coronavírus.

Clique aqui e confira mais fotos