Dom Eduardo Malaspina é recebido como 7º Bispo de Itapeva

Da Redação, com informações da Diocese de Itapeva – Fotos: Mariana Barros – 11/02/2023
Centenas de fiéis das 22 cidades da Diocese receberam o bispo na Catedral Diocesana de Sant’Ana.
Às 13h30 do sábado dia 11/02, Dom Eduardo Malaspina adentrou a Praça Anchieta ao som do Hino do Vaticano tocado pela Lira Itapevense. Recepcionado na porta da Catedral pelo Colégio dos Consultores, Dom Eduardo estava acompanhado só Arcebispo de Sorocaba, Dom Júlio Akamine.
Ainda na porta o pároco da Catedral, Pe. Vilson de Castilho, ofereceu ao senhor bispo o crucifixo para ser beijado e o aspersório no qual Dom Eduardo aspergiu todos e a si mesmo. Em seguida, em procissão seguiram para a Capela do Santíssimo onde Malaspina rezou em silêncio, acompanhado do Colégio dos Consultores.
Terminada a oração, se dirigiram ao presbitério onde esperavam os demais bispos presentes na cerimônia. Dom Júlio enquanto presidente da sub região pastoral de Sorocaba acolheu Dom Eduardo como bispo de Itapeva e o dirigiu a sua cátedra, a cadeira do bispo.
Dom Pedro Stringhini, presidente da CNBB Sul 1 foi o primeiro a dirigir palavras ao bispo empossado. Em sua fala Stringhini deu boas vindas a Malaspina em nome de todo os bispos do regional desejando que ele seja feliz e cumpra sua missão de guiar a diocese de Itapeva na evangelização da igreja de Cristo. Também usaram a palavra o prefeito de Itapeva, Dr. Mario Tassinari, representando os prefeitos das 22 cidades que compõe a Diocese; a deputada federal Simone Marquetto, representando o poder legislativo; a Tenente Cel. Adriana Duch (governo do estado); Pe. Vilson de Castilho (clero), Pe. Ricardo dos Santos (religiosos e religiosas) e Rosely Mendes, representando todos as leigas e leigos da diocese.
Terminados os discursos de boas vindas Dom Eduardo fez seus agradecimentos e reforçou seu voto de dedicação a Diocese que o recebe, reforçando seu papel de pai e pastor, aquele que guia a igreja no caminho da salvação.
Ao final da celebração Dom Eduardo prestou homenagens a Sant’Ana padroeira da diocese e à sua mãe, Dona Ivonete Malaspina e seguiu para o ginásio da CCE para a Missa de Posse.