Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Diesel, gasolina e gás de cozinha estão mais caros para as distribuidoras a partir de hoje

Por Agência Rádio 2 – 09/02/2021

 

Diesel, gasolina e GLP, o gás liquefeito de petróleo, também conhecido como gás de cozinha estão mais caros para as distribuidoras a partir desta terça-feira.  

Em comunicado, a Petrobras informou que o preço médio de venda da gasolina passará a ser de 2 reais e 25 centavos por litro, o que significa um aumento médio de 17 centavos por litro em relação ao preço praticado até esta segunda-feira.  

Já o preço médio de venda do litro do diesel sofrerá reajuste de 13 centavos e passará a ser comercializado a 2 reais e 24.  

O recente reajuste é o terceiro do ano nos preços da gasolina, e o segunda no valor do litro do diesel.  

Desde o começo de 2021, a estatal já aumentou em 22% o preço da gasolina e em 11% o do diesel. 

Em relação ao GLP, o reajuste médio será de médio  0,14 centavos por kg, o que equivale a 1 real e 81 centavos pelo botijão de 13 kg que passa a ser comercializado para as distribuidoras a 37 e 79, na média.  

Vale ressaltar que esses valores representam apenas parte do valor de venda ao consumidor final. O repasse do aumente para o consumidor depende das distribuidoras e políticas tributárias de cada estado. 

O levantamento mais recente na ANP, a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis, sobre o preço desses itens é da semana encerrada em 6 de fevereiro.  

No período em questão, a gasolina comum foi vendida no país ao preço médio de 4 reais e 77 centavos o litro, o diesel a 3 e 76, também o litro, e, pelo botijão de 13 kg, o consumidor brasileiro pagou, na média, 77 reais e 93 centavos.