Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Crise hídrica faz custo da energia permanecer no patamar mais alto este mês

Por Agência Rádio 2 – 03/08/2021

 

Conta de energia vai permanecer elevada em agosto em razão da crise hídrica.

A Agência Nacional de Energia Elétrica, a Aneel, adotou desde julho o patamar dois da bandeira vermelha.

Dessa forma, a conta sofre acréscimo de nove vírgula 492, a cada 100 quilowatts hora consumidos.

O aumento ocorre por causa do período de estiagem, que provocou queda no nível dos reservatórios das hidrelétricas e tornou necessário acionar outras usinas, como as termelétricas.

Além de utilizarem combustíveis mais poluentes, como diesel e gás, essas usinas geram uma energia mais cara.

Quando isso ocorre, a recomendação é para que as pessoas economizem, com banhos mais curtos, entre outras medidas.

Além de ser melhor para o bolso, a redução do consumo elétrico ajuda a preservar os recursos naturais e a evitar uma crise no abastecimento.

Com a estiagem, também há risco de o fornecimento de água ser afetado e é importante que a população também preserve este bem natural.