Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Corte de energia para famílias de baixa renda volta a ser permitido

Por Agência Rádio 2 – 01/10/2021

 

A partir de agora, consumidores de baixa renda com a conta de luz em atraso vão ter o fornecimento de energia interrompido.

O corte por inadimplência tinha sido suspenso em abril pela Agência Nacional de Energia Elétrica, a Aneel, para famílias cadastradas na tarifa social.

A medida foi adotada em razão da crise econômica provocada pela pandemia de coronavírus e teria validade até junho, mas foi prorrogada até 30 de setembro.

Nesse período, cerca de 12 milhões de residências tiveram o abastecimento de energia garantido, mesmo em caso de atraso no pagamento da conta.

Para os demais consumidores, as regras para a interrupção do fornecimento permaneceram as mesmas.

A Aneel determina que quando há atraso no pagamento da conta luz, a distribuidora deve enviar um aviso para alertar sobre o risco de corte.

A suspensão só poderá ocorrer 15 dias após o consumidor receber a notificação.