Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Consórcio mundial Covax começa a distribuir vacinas contra Covid-19; Gana é o 1º país a receber

Por Agência Rádio 2 – 25/02/2021

 

O consórcio Covax Facility começou a distribuir doses de vacinas contra o novo coronavírus 

A iniciativa global liderada pela Organização Mundial da Saúda  que visa garantir o acesso dos país mais pobres ao imunizante contra o vírus que causa a Covid-19, entregou a Gana o primeiro lote de vacinas 

De acordo com comunicado da OMS, em conjunto o Fundo das Nações Unidas para a Infância, o Unicef, 600 mil doses da vacina de Oxford, fabricadas pelo Instituto Serum, da Índia, foram enviadas à nação africana.  

A entrega, ainda segundo o documento, ‘representa o início do que se espera vir a ser o maior fornecimento e distribuição de vacinas da história’.  

Gana contabiliza, oficialmente, mais de 80 mil contaminados e ao menos 580 mortes por covid-19 – mas especializas alertam para números subestimados, já que faltam testes médicos no país.  

O objetivo inicial do Covax Facility é ter 2 bilhões de doses disponíveis até o final de 2021 para proteger as pessoas dos grupos de risco e os mais vulneráveis, assim como os profissionais de saúde da linha de frente, prioritariamente nos países mais pobres do planeta.  

Apesar de não fazer parte da lista de 92 nações de renda média e baixa listadas pelo consórcio, o Brasil também receberá doses de imunizantes por meio do Covax. 

Nosso país deve receber um milhão e 600 mil de doses do imunizante desenvolvido pela AstraZeneca com a Universidade de Oxford no primeiro trimestre de 2021, cerca de 6 milhões no segundo trimestre, e outros 3 milhões devem ser entregues na segunda metade do ano, totalizando 10,6 milhões de doses na primeira fase.