Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Concluída a pré-cúpula ONU sobre sistemas alimentares, mas o trabalho continua

Por Adriana Masotti – Vatican News – 29/07/2021
Ainda há muito a ser feito para concretizar os objetivos das Nações Unidas de transformar o atual sistema agrícola para poder alimentar o mundo. Esta é a convicção de Amina J. Mohammed, vice-secretária geral das Nações Unidas, que fez o discurso final da conferência de três dias em Roma

A pré-cúpula da ONU sobre sistemas alimentares chegou ao fim, mas o trabalho em vista do Summit de setembro em Nova York continuará nas próximas semanas para dar forma concreta às aspirações, intenções e compromissos expressos durante esses três dias (26 a 28 de julho), que se concentraram na necessidade de um trabalho conjunto em vários níveis para transformar a produção e a comercialização de alimentos e assim atingir o objetivo da fome zero. O trabalho realizado será reunido em um documento e será o ponto de partida para discussões posteriores.

As esperanças de Amina J. Mohammed

“A visão foi ousada e foi feito muito trabalho para que esta pré-cúpula fosse um sucesso. Deixo Roma cheia de esperança”, palavras da Vice-secretária-geral da ONU, Amina J. Mohammed, que fez o discurso de encerramento. “É somente trabalhando juntos em solidariedade que podemos ter um planeta próspero”, reiterou, enviando uma mensagem especial aos povos indígenas para que assumam a liderança da mudança e destacando a importância de valorizar os pequenos agricultores. Todos temos que viver na mesma “sala”, afirmou, podemos discordar uns dos outros, mas temos que trabalhar juntos para que todos tenham comida suficiente. “Os sistemas alimentares são uma área prioritária para fazer investimentos transformadores e para nos ajudar a fazer a transição que é necessária”, disse ainda. Precisamos estabelecer novas alianças e coalizões e encontrar maiores financiamentos.

A Vice-secretária-geral agradeceu a todos os participantes da pré-cúpula, 500 pessoas em presença, incluindo líderes que, disse, não foi fácil fazer chegar até nós neste momento de particular dificuldade global, e as 20 mil conexões on-line em todo o mundo. Por fim, seu agradecimento especial foi dirigido ao governo italiano por sediar este evento em Roma.

A assembleia reunida na FAO em Roma

A assembleia reunida na FAO em Roma