Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Comitê Emergencial e especialistas discutem números da covid-19 em São Carlos

Da Redação – 24/02/2021

 

Os números da covid-19 em São Carlos e região foram discutidos na última segunda-feira(22), durante reunião que contou com a presença do Comitê Emergencial do município, representantes da Santa Casa, do Hospital Universitário (HU), da Unimed e do DRS III (Diretoria Regional de Saúde).

A Santa Casa apresentou uma análise da evolução da média móvel de São Carlos. Durante o ano de 2020, a média de casos nunca ultrapassou 40 novos casos.

Na primeira quinzena de janeiro, esse valor se elevou em até 3 vezes, sendo que a média no dia 18 de fevereiro chegou a 110 novos casos.

O aumento de novos casos vem acompanhando do crescente na média móvel de óbitos: a cidade chegou a registar até 3 óbitos em um mesmo dia, cenário muito diferente de 2020 quanto ficou até 10 dias sem novas mortes.

Outro dado importante é a elevada taxa média de permanência em UTI: hoje um paciente com covid-19 fica em média 18 dias em leito de terapia intensiva, um paciente internado em UTI geral por outros motivos, como por exemplo infarto, fica em média 3 dias.

A elevação do número de casos e a saturação dos serviços de saúde em cidades vizinhas como Araraquara e Jaú foi outro assunto discutido. Foram montados mais 12 leitos de terapia intensiva na Santa Casa de São Carlos.

Porém, desde a inauguração, as Unidades de Terapia Intensiva mantêm mais de 75% de ocupação.

Também foram discutidas a aplicação de testagens mais rápidas que oRT-PCR, como o teste de antígeno para covid-19 realizado para identificar a infecção e mesmo o Genexpert, o mesmo que já era utilizado para outros testes moleculares rápidos como a pesquisa de influenza.

Segundo o Coordenador do Comitê Emergencial de Combate Emergencial ao Coronavírus, Mateus de Aquino, algumas proposta foram discutidas com o objetivo de intensificar a ação das equipes principalmente em relação à análise de detectar a presença de uma variante na cidade.

Ainda, de acordo com o Coordenador, as próximas medidas serão baseadas nas determinações do Governo do Estado.